domingo, 23 de novembro de 2008

la luna llena

daquela janela ali vê o infinito passar
pássaro cruzando o espaço
céu ensolarado
o acaso ao pé do ouvido encorajando
e a moça desbravando o mundo de allstar
é bonito a vida
de maneira tão sutil expandindo
pensa o Sol num de seus melhores sorrisos

na nuvem a saudade de quem ficou enfeitando o azul
a janela aberta lembra que o sol é o mesmo

em todos os continentes e dentro da gente
e a lua é sempre cheia

mesmo quando a sombra brinca de disfarçar
do escuro ela sai aos pouquinhos pra fazer faz de conta

ela é dia nascente
dormindo sob os corações coloridos
sonha com os dias indo e vindo
e na fotografias a tradução daquele olhar
sobre o infinito que passa
passa
passa

( e se a vida passa)
ela pássaro





Um comentário:

Dani Barbosa disse...

Amooooooooooooooooooo

Related Posts with Thumbnails