domingo, 7 de setembro de 2008

saturday night fevers

1-
Ontem meu olhar estava neutro. Estava. Mas não ajudava. Odiava tudo o que todo mundo ali amava.. Tudo o que era lindo era bem o que eu não gostava .

Foda-se o movimento perfeito se não me move.
Foda-se se o físico perfeito se não me atrai.
Foda-se as minhas mãos caladas no coral de palmas . Interminável.
Eu quero que meu olhar me engane.
Quero descobrir que o que eu nunca achei que era... É.
naquele palco , não aconteceu.
Então.....

Início.

Tudo começou na praça . Garrafa de vinho . Garrafas. Lua, meia lua sorriso. Frio. Fotografia. Imagem congelada , quebra da gargalhada. Banco.Grama. Boas companhias.

Eu querendo pegar um vôo. Mas já viajando em outro , na minha auto-galáxia. Alucinada. Não preciso de nada pra sempre estar. Tudo bem, que o vinho também estava lá. O meu, com gelo quebrado. Estragando a temperatura ambiente.

Tinha passado o dia com pensamento disparado.

Segundo início

Tudo começou na chegada de mais amores , um taxi apertado , eu de “advogado do diabo”, subindo o Horto. Nós, todos macacos amestrados com trilha e hora certa pra seguir pela noite meia lua. Chegando no que podemos chamar de “pedaço de mato por aqui” , mas esse , agora, com pandeiro, mais vinho, samba, vontade súbita de nadar pelada mas... tinha hora pra sair.
O mesmo táxi apertado leva agora até um apartamento quebrado.

Tudo azul.Trance. Batidão descompassado com a minha vontade latente. Não estou presente.
Aquela mulher , descabelada , jogada, sem expressão. Eu simpática forçada.

Tô fora, não fico aqui nem amarrada.

13 negociado ajuda a noite a continuar.

Terceiro início

Taxista ex-ator. De Olinda. DVD pirata da peça
“Essa Cinderella sua mãe não te contou” em que ele participou.
É mesmo moço? O que ela não contou?
Deixa pra lá que de Cinderella e príncipe to cansada...vamos falar de branca de neve e 7 anões? Sua mãe já te contou?
Pensei. Pra ele, jamais falaria. 7 anões... as opções....

Última parada

No alto do prédio. Música que se repete. Eu lembrei do vôo, o outro, não o da galáxia. Nele a música é rimada. Que antes eu também não gostava.
Agora eu ando gostando do que não gosto.

Último Ínicio

Agora praia. começo de hoje, nem dia, nem noite.

Quente.
Se não tivesse onda eu nadava pelada.


Um comentário:

hildebranda disse...

vc escreve em codigos
mas eu sempre te decifro
mas como vc é quem é,
e ser vc pra mim é demais

tem gente que nao te decifra, porque prefere

te devorar

Related Posts with Thumbnails